População economicamente ativa

Continuando com as análises, vamos postar alguns materiais somente sobre a população economicamente ativa para verificar se existem padrões que justifiquem o repasse dos recursos federais aos estados, para entender como que o governo realiza a demarcação da fatia do bolo.

Analisando a distribuição abaixo, podemos ver padrões entre Bahia (BA) e Ceará (CE) que são diferentes de Rio Grande do Sul (RS) e São Paulo (SP). Como podemos constatar a maioria da população da BA e CE no ano de 2010, receberam como salário mensal entre R$510,00 a R$ 2.550,00, enquanto que RS e SP, receberam entre R$ 2.550,00 a R$ 5.100,00.

População Economicamente Ativa
População Economicamente Ativa em 2010

Analisando os posts Recursos por Habitante e Fatia do Bolo, será que podemos dizer que o motivo para o repasse dos recursos federais se dá pelo critério da faixa salarial menor da maior parte da população entre os estados?

Pois a distribuição dos recursos entre Ceará e Bahia foram muito próximos, e proporção por faixa salarial também é muito próxima. Será que o governo trabalha com a seguinte estratégia:

– Primeiro para os que mais necessitam, ou seja, estados mais pobres terão mais ajuda?

– E o que acontece com os que geram mais riqueza para o país? Não deveriam receber mais investimentos?

Vamos continuar analisando essas informações, e vamos trazer outras medições, como por exemplo, grau de ensino de cada estado e fazer comparações.

Por hora, você acha que esse relacionamento entre população economicamente ativa pode sim ser o motivo para um estado estar recebendo mais recursos federais do que outro?

Anúncios
População economicamente ativa